Detecção do risco de floração na cultura da cana-de-açúcar

Tabela de conteúdos

O cultivo da cana-de-açúcar apresenta uma verdadeira anomalia em comparação com o gerenciamento agronômico de outras culturas, já que as flores são frequentemente as precursoras dos frutos, e a geração de alertas de risco de floração pode parecer contraproducente. Entretanto, vale ressaltar que o cultivo da cana-de-açúcar visa extrair justamente o principal elemento que a planta utilizaria para gerar flores: o açúcar. Portanto, os alertas de risco de floração desempenham um papel agronômico crucial no gerenciamento da cultura.

Detectar o risco de florescimento

Na cana-de-açúcar, isso é amplamente explorado na literatura científica, revelando um grande número de parâmetros e relações complexos que precisam ser analisados e interpretados. Os parâmetros incluem a genética das plantas, com melhorias significativas ao longo das décadas que inibem a floração. A idade da cultura é outro fator crucial, considerando que as plantas mais velhas correm um risco maior, pois a planta se regenera a cada estação por meio de cortes e rebrota. O gerenciamento de culturas, especialmente a irrigação e a fertilização, que as publicações científicas destacam como fundamentalmente influentes, acrescenta-se a uma longa lista de considerações.

No entanto, nessa longa lista, o fator climático aparece repetidamente como uma das causas fundamentais a serem consideradas; de fato, a grande maioria da literatura disponível sobre o risco de floração na cana-de-açúcar aborda a climatologia como um fator-chave.

A HEMAV investiu tempo e recursos no desenvolvimento de uma ferramenta eficaz e com suporte científico para detectar o risco de floração, identificando publicações relevantes que podem ser integradas às ferramentas específicas da empresa aplicadas ao cultivo da cana-de-açúcar. As análises climatológicas das áreas de cultivo, especialmente durante períodos específicos que acentuam a sensibilidade das plantas, formam a base dessa ferramenta. A HEMAV oferece a seus clientes uma nova ferramenta capaz de emitir alertas de risco de floração com base científica, adaptada às condições específicas de cada cliente e com uma interface moderna e intuitiva.

Em poucas palavras,

O gerenciamento da safra de cana-de-açúcar apresenta desafios únicos. Diferentemente de outras culturas em que as flores precedem os frutos, na cana-de-açúcar, a detecção de riscos de floração é essencial. O HEMAV desenvolveu uma ferramenta com respaldo científico para alertar sobre os riscos de floração, permitindo que os agricultores tomem medidas importantes, como:

  1. Colher variedades precoces com tendência à floração.
  1. Use inibidores de floração ou amadurecedores para antecipar o período de colheita.

Inscreva-se para receber as últimas notícias

Últimos artigos

Download em PDF

Download do catálogo

Obrigado por seu interesse, em breve enviaremos o catálogo solicitado.

Download do catálogo

Obrigado por seu interesse, em breve enviaremos o catálogo solicitado.

Download do catálogo

Obrigado por seu interesse, em breve enviaremos o catálogo solicitado.